Conheça o CEJV e como funciona Conheça a história do CEJV Saiba mais sobre os Orixás Saiba mais sobre as entidades que se apresentam durante as reuniões


Pinturas de Óleo sobre Tela feitas por Ulysses Rabelo

Clique nas figuras abaixo para obter mais detalhes...


Iansan

Iemanjá

Nanã

Ogum



Omulu

Ossãe

Oxalá

Oxossi



Oxum

Oxumaré

Xangô

Ewá



Tempo

Outros Orixás:

Exu
Logun-Edé
Obá
Oduduwa




Nossos corpos alimentam-se do que vosso
Arco e flecha nos dá.

Rei, senhor da humanidade,
Nosso bom caçador,
Nós o chamamos para aprender a caçar e,
Acima de tudo, ir caçar e encontrar a caça.
Mora em casa de barro
Mora em casa de folha
Quando entra na mata
O mato se agita.


Os Orixás: Oxossi



       Oxossi é o orixá da caça, chamado muitas vezes de Odé Wawa, ou seja, “caçador dos céus”. É a divindade da fartura, da abundância, da prosperidade. Suas principais características são a ligeireza, a astúcia, a sabedoria, o jeito ardiloso para faturar sua caça. É um orixá de contemplação, amante das artes e das coisas belas.

       Dentro do culto, ele é o caçador do Axé, aquele que busca as coisas boas para uma casa de santo, aquele que caça as boas influências e as energias positivas. Como todos os outros Orixás, Oxossi também está no dia-a-dia dos seres vivos, convivendo intimamente com todos nós. Encontramos o deus da caça no almoço, no jantar, enfim em todas as refeições, pois é ele que provê o alimento. Ele rege a lavoura, a agricultura, permitindo bom plantio e boa colheita para todos. Oxossi é a semente, é o vegetal em ponto de colheita. É a fartura, a riqueza, é a carne que o homem consome.

       Oxossi também está ligado às artes. Todo tipo de arte. Ele está presente no ato da pintura de um quadro, na confecção de uma escultura, na composição de uma música, nos passos de uma dança. Seu encantamento está na arte de um modo geral. Encanta-se nas misturas de cores, na escrita de um poema, de um romance, de uma crônica. Oxossi está presente desde o canto dos pássaros, da cigarra, ao canto do homem.

       Oxossi também rege o revoar dos pássaros e seu encantamento mais bonito está nas revoluções das pequenas aves. Oxossi é a vontade de cantar, de escrever, de pintar, de esculpir, de dançar, de plantar, de colher, de caçar, de viver com dinamismo e otimismo.

       Curiosamente, Oxossi também é a comodidade, a vontade de vislumbrar, de contemplar. Oxossi é um pouco preguiça, a vontade de nada fazer, senão pensar e, quem sabe, criar.

       Na figura do caçador, Oxossi representa um importante papel na história da humanidade. Ele cumpre o papel do civilizador, pois sendo o caçador ele representa a luta pela sobrevivência. Como o orixá da fartura e da alimentação, ele é aquele que aprende a dominar os segredos e os perigos da floresta ao sair em busca da caça, do alimento para sua tribo. Oxossi representa o domínio da cultura sobre a natureza pois sendo caçador vive no limiar destes dois domínios promovendo a articulação entre um e outro. Mantém estreita ligação com Ossãe com quem aprendeu o segredo das folhas e com quem divide a regência das florestas.

       Sendo pai da fartura, Oxossi nos ensina o equilíbrio e o respeito à natureza sendo o desperdício um de seus maiores interditos. É sincretizado com São Sebastião, seu elemento é a terra, vibra na cor é o verde e seu dia a quinta-feira.

Conheça o CD
Webmail Exclusivo CEJV Textos e mensagens para download Galeria de fotos Entre em contato com o CEJV
Todos os textos e imagens deste site são de propriedade do Centro Espírita
João Vicente. Cópia permitida somente mediante autorização expressa.